Provincial das Irmãs Filhas da Caridade visita a Diocese de Picos

A Diocese de Picos recebeu nessa segunda-feira, 09 de janeiro, a visita da Ir. Ana Amélia Guedes da Cunha, provincial da Companhia das Filhas da Caridade da Província de Fortaleza que compreende os estados do Ceará, Piauí e Maranhão.

Acompanhada de mais três religiosas, durante a visita, reuniu-se com a comunidade de Sussuapara, município que contará a partir de março com a presença da Companhia das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo residindo na sede da cidade.

A reunião contou com a presença do bispo de Picos, Dom Plínio José Luz da Silva, o vigário paroquial, Pe. Paulo Henrique Oliveira e representantes das comunidades urbana e rurais de Sussuapara.

O encontro da visitadora, Ir. Ana Amélia e demais religiosas com a comunidade foi mais para esclarecimentos sobre a vinda das irmãs para o município e faz parte do trabalho da provincial que exerce a função de coordenar e visitar todas as companhias pertencentes a província de Fortaleza.

Na ocasião, Ir. Ana Amélia falou do trabalho desenvolvido pelas Irmãs Filhas da Caridade e expressou gratidão e alegria pela abertura de uma nova casa, desta vez na Diocese de Picos “As Filhas da Caridade estão onde o povo precisa, o nosso trabalho é junto aos pobres, estamos a serviço de acordo com a necessidade da comunidade. Agradeço a Dom Plínio que nos convidou para estarmos aqui tendo esse contato direto com a comunidade e a vocês pela acolhida, em breve estaremos aqui com toda determinação para servimos ao povo de Sussuapara”, disse Ir. Ana Amélia.

A vinda da Companhia para a Diocese de Picos, especifica para Sussuapara, foi uma solicitação do bispo diocesano, Dom Plínio José Luz da Silva, mediante a necessidade pastoral da comunidade. “O interesse nosso é que tivesse um padre permanente em Sussuapara, mas inda não temos sacerdotes suficientes. Como a experiência da vida religiosa já bem conhecida na nossa diocese e que tem sido um diferencial, pensamos em colocarmos uma casa de religiosas para podermos atender melhor o nosso povo, e ai convidamos a Companhia das Filhas da Caridade”, disse Dom Plínio.

Atualmente o município está sendo acompanhado pelo Pe. Paulo Henrique que demostrou alegria com a chegada das religiosas “Para nós é uma alegria muito grande ter as irmãs morando aqui conosco, porque quando vemos alguém de luz a gente também fica iluminado. Com certeza, elas vão nos ajudar muito no acompanhamento ao povo de Deus”.

Ao termino da reunião, as irmãs acompanhadas da comunidade conheceram a casa onde as religiosas vão residir. A previsão da vinda das freiras é para o início do mês de março. A notícia deixou a comunidade animada e feliz “Ficamos contentes demais quando soubemos que Dom Plínio estava tentando trazer umas freiras para morar conosco, e hoje, já vendo tudo encaminhado só nos resta agradecer a Deus por este presente que a nossa comunidade vai receber”, comentou a moradora Adelina Lélis.

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email