Segundo dia da Visita Pastoral Missionária no município de São João da Canabrava – PI

Como parte integrante das comemorações do ano jubilar da Diocese de Picos, Dom Plínio José Luz da Silva, bispo de Picos, iniciou nesta sexta-feira (10), o segundo dia de sua Visita Pastoral Missionária à Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Bocaina, presidindo a Santa Missa, às 06:00h, na Comunidade Conceição, município de São João da Canabrava, transmitida pela Rádio Educativa Cultura FM de Picos Cultura FM, concelebrada pelo Pároco, Pe. Francidilso Silva do Nascimento.

Após um café comunitário oferecido pela Comunidade, Dom Plínio partiu para visitar a Comunidade de Estevão. Voltando da visita, reuniu-se com representantes comunidades Vermelha, Caco do Pote, Juá, Estevão e Conceição, na igreja da comunidade. Em seguida o Bispo dirigiu-se para Serra do Maracujá onde encontrou com a comunidade reunida na igreja. Depois de sua palavra de motivação a comunidade serviu um almoço comunitária. Estiveram presentes as comunidades de Ponta da Serra, Bezerro Morto, Tabuleiro e Serra do Maracujá. Depois, visitou a Comunidade Cadois.

Passando para a sede do município, o Pastor Diocesano encontrou-se com as crianças e catequistas, às 15h. Visitou alguns enfermos, reuniu-se com o Conselho Pastoral Comunitário e presidiu a Eucaristia, às 19h, na Igreja de São João Batista, com a participação de numerosos fieis.

Nos encontros com o bispo, as comunidades relataram a história de suas origens, e este, por sua vez, contou a história da Diocese de Picos, ensinou e insistiu sobre o Conselho Pastoral Comunitário, apontando-o como proposta cuidar bem do Povo de Deus e exortou às famílias acerca dos riscos da ideologia de gênero.

Neste segundo dia da Visita Pastoral Missionária de Dom Plínio, estiveram presentes os seminaristas Francisco de Assis (1º ano de Filosofia) e Francisco Berto de Carvalho (4º ano de Teologia),  Ir. Clerí Girardi, da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria Irmã, Ir. Antonieta Ferreira de Araújo, da Congregação das Irmãs de São José de Concórdia e alguns missionários. É a Igreja de Cristo, que está em Picos, sendo “comunidade de comunidades, indo a todos e envolvendo a todos”.

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email