Posse Canônica de Dom Marcos Antônio Tavoni

Nesta sexta, 28 de março de 2014, foi um dia especial para a cidade de Bom Jesus do Gurguéia. Para quem não pôde comparecer, teve a oportunidade de acompanhar ao vivo pela Web TV da Diocese de Picos, a transmissão da Posse Canônica de Dom Marcos Antônio Tavoni, novo Bispo da Diocese de Bom Jesus do Gurguéia.

A abertura da Missa Solene e Posse Canônica do 6º bispo de Bom Jesus, Dom Marcos Antonio Tavoni, teve o coral cantando uma mantra, em seguida o canto e a procissão de entrada com todos os padres da Diocese. Além das caravanas presentes de Padres e Bispos, também estiveram autoridades como deputados, prefeitos e vereadores.

O padre Aristides da Cidade de Avelino Lopes fez um comentário sobre a história de Dom Marcos. Em seguida Monsenhor Fernando tomou a palavra. Dom Jacinto Brito, Arcebispo do Piauí saudou todos os fieis presentes na Catedral de Nossa Senhora das Mercês, e falou sobre a história do nosso querido Dom Ramon.

Em nome de todos os deputados do Piauí, o Deputado Fábio Novo, foi até o altar para saudar o novo Bispo da Diocese de Bom Jesus do Gurguéia. Também saudaram o novo bispo todos os padres da Diocese de Bom Jesus.

Após a Anunciação do Evangelho (Mc 12,28-34) cantado, foi a vez do novo Bispo Dom Marcos Antônio Tavoni, tomar a palavra. Em sua homilia, Dom Marcos recitou trechos do hino de Bom Jesus. Este momento foi seguido pelo momento de oferta; momento de oração (O Pai Nosso); momento da Santa Paz e Santa Eucaristia (Comunhão).

O Prefeito da Cidade de Bom Jesus, Marcos Elvas, deu as boas vindas ao novo bispo Dom Marcos Antônio Tavoni. Neste momento tomou a palavra Dom Alfredo Schaffler, bispo da Diocese de Parnaíba e Presidente do Regional Nordeste 4 da CNBB. Dom Alfredo saudou e deu boas vindas a Dom Marcos. Também fez parte desse momento tomando a palavra Dom Valdir, Bispo auxiliar da diocese de Brasília. Finalizando, o Bispo Emérito Dom Ramon Lopez, fez os agradecimentos.

Chegando ao ápice da Celebração Eucarística e Posse Canônica, houve a Leitura da Ata da Posse de Dom Marcos Antônio Tavoni, que foi proferida pelo Pe. José Valdo da paróquia de Bom Jesus da Boa Sentença (Bom Jesus). Dom Marcos encerrou apresentando os bispos que estiveram presentes.

RELEMBRE – O Regional Nordeste IV, saúda de coração aberto o novo bispo da Diocese de Bom Jesus.

A Nunciatura Apostólica  no Brasil comunica que o Santo Padre Francisco, acolhendo o pedido de renúncia apresentado pelo Excelentíssimo Ramón López Carrozas, nomeou no dia 15 de janeiro de 2014, Bispo da Diocese de Bom Jesus do Gurgueia, do Piauí, o Reverendo Padre Marcos Antônio Tavoni, que na época era Pároco da Paróquia “Cristo Redentor” em Taguatinga-Norte, Arquidiocese de Brasília – DF.

Dom Marcos nasceu na cidade de São Carlos (SP), em 21 de abril de 1967. É filho de Antônio e Dirce Tavoni. Quando criança, foi acólito na paróquia Santa Izabel da diocese de São Carlos, na qual também exerceu atividades como catequista. Também atuou como funcionário da área acadêmica da Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo, por nove anos.

Ingressou no Seminário Diocesano de São Carlos em 1989 e cursou os dois primeiros anos de Filosofia. Mudou-se para Brasília (DF), para prosseguir com os estudos, concluindo a Filosofia e a Teologia no Seminário Maior Arquidiocesano. Recebeu espiritualidade e formação missionária no Seminário “Redemptoris Mater”, integrando a primeira turma.

Foi ordenado presbítero em 30 de novembro de 1996, pelo então cardeal, dom José Freire Falcão. O trabalho missionário é marca de sua trajetória sacerdotal. Quando seminarista participou de uma missão itinerante na Amazônia, nas capitais Belém, Manaus e Porto Velho.

Missão:

Exerceu seu ministério, por muitos anos, como missionário na arquidiocese de Palmas (TO), na qual, desde 1997, desempenhou as funções de pároco, professor, ecônomo e reitor do Centro de Evangelização e do Seminário Interdiocesano. Dedicou-se à direção da Casa de Marta que desenvolve atividades de reintegração à sociedade de jovens adolescentes grávidas. Foi um dos primeiros professores da Escola Diaconal São Lourenço. Coordenou a Comissão que elaborou o primeiro Diretório de Iniciação Cristã.

Também atuou como secretário do Conselho Presbiteral por dois períodos e vigário episcopal da região São Pedro de 2007 a 2008. Na vacância da arquidiocese de Palmas, esteve como secretário do Colégio Consultivo, entre outras atividades no Conselho Ampliado de Pastoral e coordenador da Pastoral da Comunicação. Dom Marcos é um dos precursores do Caminho Neocatecumenal no estado do Tocantins.

Fonte: Regional Nordeste 4

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email