Papa Francisco acolhe milhares de idosos na Praça São Pedro

“O futuro de um povo supõe necessariamente este encontro: os jovens dão a força para fazer caminhar o povo e os idosos revigoram esta força com a memória e a sabedoria popular”, disse o papa Francisco no encontro com idosos, no domingo, 28 de setembro. O evento foi realizado na Praça de São Pedro, no Vaticano, com presença de avós e membros da Pastoral da Pessoa Idosa. O papa emérito Bento XVI participou do encontro como convidado especial de Francisco.

A iniciativa nasceu do próprio papa que tem destacado em suas mensagens e homilias o valor da pessoa idosa para o futuro da sociedade. O encontro teve como tema “A bênção de uma vida longa”.

Na ocasião, o papa refletiu sobre um trecho da carta de São Paulo a Timóteo (1 Tim 5, 1), que trata do respeito aos idosos e do cuidado filial ao idoso.

O papa Francisco lembrou que “não há futuro para um povo sem este encontro entre as gerações, sem os filhos receberem, com gratidão, das mãos dos pais o testemunho da vida. E, dentro desta gratidão a quem te transmitiu a vida, entra também a gratidão ao Pai que está nos céus”.

Francisco pediu aos jovens que respeitem os anciãos, seus pais e avós. “Às vezes há gerações de jovens que, por complexas razões históricas e culturais, vivem de forma mais intensa a necessidade de se tornar autônomos dos pais, a necessidade quase de libertar-se do legado da geração anterior. Parece um momento de adolescência rebelde. Mas, se depois não se recupera o encontro, se não se volta a encontrar um equilíbrio novo, fecundo entre as gerações, o resultado é um grave empobrecimento para o povo, e a liberdade que prevalece na sociedade é uma liberdade falsa, que se transforma quase sempre em autoritarismo”, alertou o papa.

Ao finalizar a homilia, trouxe como exemplo a Virgem Maria e disse que ela soube ser obediente aos pais e aos idosos, recordando o encontro de Maria com Isabel e Zacarias.

“Maria soube ouvir aqueles pais idosos e cheios de enlevo, aprendeu com a sabedoria deles, e esta revelou-se preciosa para Ela, no seu caminho de mulher, de esposa, de mãe. Assim, a Virgem Maria indica-nos o caminho: o caminho do encontro entre os jovens e os idosos”, acrescentou.

Iniciativa

De acordo com o representante do Pontifício Conselho para a Família, padre Andrea Ciucci, a iniciativa do papa teve por objetivo mobilizar a sociedade para o respeito e valorização dos idosos. “Existe uma vocação particular para os idosos e para os avós na sociedade e na Igreja”, disse.

O sacerdote recordou que o papa tem chamado a atenção para a importância das pessoas idosas, como quando disse que “o cuidado que se dá aos idosos, assim como o que se dá às crianças, é um indicador da qualidade de uma comunidade. Quando os idosos são jogados fora, quando são isolados e às vezes se desvanecem pela falta de cuidado, é um sinal terrível”.

CNBB com informações e imagens do News.va.

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email