Papa Francisco nomeia coadjutor para Nova Iguaçu (RJ)

O papa Francisco acolheu ao pedido do bispo da diocese de Nova Iguaçu, dom Luciano Bergamin, de poder contar com a colaboração de um coadjutor e nomeou nesta quarta-feira, 27, dom Gilson Andrade da Silva, transferindo-o do ofício de auxiliar da arquidiocese de Salvador, na Bahia. A notícia foi comunicada pela Nunciatura Apostólica no Brasil e publicada no Jornal “L’Osservatore Romano”, às 12h de Roma.

Biografia

Nascido no dia 11 de setembro de 1966, no Rio de Janeiro (RJ), dom Gilson Andrade da Silva recebeu a ordenação sacerdotal em 4 de agosto de 1991, na Catedral de Petrópolis (RJ). Entre os anos de 1985 e 1987 cursou Filosofia no Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino. Foi aluno do Colégio Eclesiástico Internacional Bidasoa (Pamplona – Espanha), onde fez o curso de bacharelado em Sagrada Teologia na Universidade de Navarra (Espanha), entre 1988 e 1991. É licenciado em Sagrada Teologia pela Pontifícia Università della Santa Croce (Roma – 1997-1999).

Foi vice-reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino (diocese de Petrópolis) de 1991 a 1997 e de 1999 a 2004, onde também foi professor. Ainda na cidade de Petrópolis, assumiu como vigário paroquial a Paróquia de Sant’Ana e São Joaquim entre 1991 e 1994. No ano de 2000 assumiu como professor o curso de Teologia e Filosofia na Universidade Católica de Petrópolis. Em 2004 tornou-se membro do Conselho Pastoral Diocesano e em 2005 membro da Equipe de Coordenação Diocesana do Plano Pastoral de Conjunto e da Missão Popular.

Entre os anos de 2004 e 2005, foi diretor do Instituto de Teologia, Filosofia e Ciências Humanas na Universidade Católica de Petrópolis. Também no ano de 2004 foi reitor do Seminário Diocesano de Petrópolis e coordenador da Pastoral da Juventude da Diocese de Petrópolis. A partir de 2006 tornou-se membro do Colégio de Consultores; e presidente da Associação Mantenedora das Faculdades Católicas Petropolitanas (UCP), em 2008.

Em 2011, foi nomeado pelo papa Bento XVI como bispo auxiliar da arquidiocese de Salvador. A ordenação episcopal aconteceu no dia 24 de setembro, em Petrópolis. A posse em Salvador aconteceu no dia 10 de outubro, na Catedral Basílica, localizada no Terreiro de Jesus.

Saudação

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou saudação a dom Gilson Andrade da Silva. O texto é assinado pelo secretário-geral da entidade, dom Leonardo Steiner. Confira, abaixo, a saudação na íntegra:

Saudação da CNBB a dom Gilson Andrade da Silva

Brasília, 27 de junho de 2018

Prezado Irmão, dom Gilson Andrade da Silva.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta alegria pela sua nomeação, feita pelo Papa Francisco, como bispo coadjutor da Diocese de Nova Iguaçu (RJ), transferindo-o do ofício de Auxiliar da Arquidiocese de São Salvador da Bahia.

Desde 2011, o senhor vem realizando seu ministério episcopal de forma generosa e exemplar. O Santo Padre, agora, pede que o senhor abrace uma nova missão. Desejamos que esse novo trabalho traga alegria e que produza muitos frutos para o bem do Povo de Deus.

Buscamos as palavras do Papa Francisco pronunciadas por ocasião da última visita Ad Limina Apostolorum dos bispos portugueses, para saudar sua nomeação: “Jesus disse: ‘Quem crê em Mim também fará as obras que Eu realizo’ (Jo14, 12), não obstante a nossa total indignidade, apesar da nossa fraqueza humana. Também os Apóstolos eram homens fracos. Também Pedro era homem fraco. Seja, portanto, um esforço de colaboração, isto é, da Igreja inteira, porque foi à Igreja que o Senhor assegurou a sua constante presença e a sua infalível assistência”.

Seu lema episcopal “In Verbo Tuo” (Por causa da tua Palavra) traz uma referência absoluta da missão que abraçamos, pois nos traz a afirmação de confiança que nos leva a uma oportuna renovação da nossa esperança: “Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar. Simão respondeu-lhe: Mestre, trabalhamos a noite inteira e nada apanhamos; mas por causa de tua palavra, lançarei a rede. Feito isto, apanharam peixes em tanta quantidade, que a rede se lhes rompia” (Lc 5,4-6).

Renovamos a nossa solidariedade e o abraçamos com afeto fraternal.

Em Cristo,

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Secretário-Geral da CNBB

 

PASCOM Diocesana

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Palavra do Bispo

Dom Plínio

Diocese de Picos

Calendário

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2018› » 

Facebook

Share This
Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!