10 de Maio de 2017

Papa Francisco nomeia três novos bispos para o Brasil

Publicado por

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou na manhã desta quarta-feira, 10 de maio, a decisão do papa Francisco em nomear três novos bispos. Um deles é o padre André Vital Felix da Silva, que substituirá dom José Haring na diocese de Limoeiro do Norte (CE). Atualmente, padre André Vital Felix da Silva é secretário da Província Brasil-Recife da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus (dehonianos).

Na mesma ocasião, o papa Francisco nomeou bispo da vacante diocese de São Luiz de Cáceres (MT) o padre Jacy Diniz Rocha, do clero de Guanhães (MG), atualmente pároco da paróquia Santo Antônio, em Coluna (MG). E acolhendo a solicitação de dom José Francisco Rezende Dias, de poder contar com a colaboração de um bispo auxiliar na arquidiocese de Niterói (RJ), o pontífice nomeou o padre Luiz Antônio Lopes Ricci titular de “Tindari” e auxiliar da arquidiocese fluminense. Ricci é atualmente pároco da paróquia São Cristóvão, em Bauru (SP).

Padre André Vital Felix da Silva
Nascido em 31 de maio de 1965, em Recife (PE), padre André Vital Félix da Silva ingressou no Seminário dos Dehonianos em 1983, e em seguida, no Centro Vocacional SCJ, em Paulista (PE), onde realizou seus estudos de Filosofia, no Instituto Salesiano de Filosofia do Recife (INSAF). Padre André estudou Teologia no Instituto de Teologia do Recife (ITER).

Foi ordenado presbítero em 1991, em Camaragibe (PE). Atualmente exerce seu ministério presbiteral na paróquia de São Pio X, na mesma cidade, sendo também capelão do Carmelo da Imaculada Conceição (OCD). Na congregação, já exerceu o cargo de vice-provincial por dois triênios; formador e reitor do seminário; atualmente é membro do Conselho Provincial Brasil-Recife e da Comissão Dehoniana de Teologia da América Latina.

Padre Jacy Diniz Rocha
Natural de São João Evangelista, distrito de Nelson de Sena (MG), padre Jacy Diniz Rocha nasceu em 29 de agosto de 1958. Foi ordenado presbítero no dia 26 de maio de 1984, em sua cidade natal pelo bispo diocesano de Barreiras .

Com o objetivo de fazer um tratamento continuado em Belo Horizonte, pediu incardinação na diocese de Guanhães e, em julho de 2003, foi acolhido pelo bispo diocesano, dom Emanuel Messias de Oliveira. Na sua diocese de origem, trabalhou nas cidades de Ferros, Virginópolis, Santa Maria do Suaçuí, Sabinópolis, Guanhães e Coluna, onde é pároco atualmente. Entre os serviços desenvolvidos na diocese de Guanhães, destacam-se a coordenação diocesana de Pastoral, o Colégio de Consultores, a Pastoral Presbiteral e a coordenação da Escola Diocesana de Teologia Pastoral.

Padre Luiz Antônio Lopes Ricci
Padre Luiz Antônio Lopes Ricci é natural de Bauru (SP). Nasceu em 16 de maio de 1966. Cursou Filosofia no Seminário Provincial Sagrado Coração de Jesus e Teologia no Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos, ambos em Marília (SP). Convalidou os Cursos de Filosofia pela Universidade do Sagrado Coração (USC), em Bauru, e de Teologia pela Faculdade João Paulo II (Fajopa), em Marília (SP).

Possui Mestrado e Doutorado em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Lateranense – Accademia Alfonsiana, de Roma. Fez pós-doutorado em Bioética pelo Centro Universitário São Camilo. Atualmente é diretor da Faculdade João Paulo II, em Marília e professor titular de Teologia Moral, Bioética e Virtudes na mesma instituição. É pároco da paróquia São Cristóvão, em Bauru, assessor diocesano da Pastoral da Criança e membro do Colégio dos Consultores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *