Bispos das Dioceses de Salgueiro – PE e Picos – PI visitam famílias na divisa dos Estados do Pernambuco e do Piauí

Na quarta-feira (24/10/2018), os bispos Dom Magnus Henrique Lopes, OFMCap, da Diocese de Salgueiro – PE e Dom Plínio José Luz da Silva da Diocese de Picos – PI, acompanhados de padres, religiosas consagradas e leigos das duas Dioceses, visitaram algumas famílias que vivem nas proximidades da divisa dos Estados do Pernambuco e do Piauí.

A Serra do Inácio tem área geográfica formada pelos Estados do Pernambuco e Piauí. É composta de cinco Municípios: Curral Novo do Piauí – PI, Betânia do Piauí – PI, Distrito de Nascente (Araripina) – PE, Ouricuri – PE e Santa Filomena – PE e abrange três Dioceses: Picos – PI, Salgueiro – PE e Petrolina – PE.

O objetivo da visita foi conhecer de perto a realidade das famílias e manifestar solidariedade com as que se encontram em situação de extrema pobreza, desprovidas da assistência social básica, através de políticas públicas implantadas pelos governos estaduais e municipais e também verificar como está a assistência religiosa por parte da Igreja Católica.

A visita começou, às 08:00h, com uma oração na capela da comunidade Vila da Ramada, município de Curral Novo do Piauí – PI. O ato religioso foi transmitido, ao vivo, pela Rádio Educativa de Picos Cultura FM, a Rádio Asa Branca AM de Salgueiro – PE, o site www.culturadepicos.fm.br e o App “Cultura de Picos”. Após a oração, foram formados cinco grupos, compostos por padres, religiosas consagradas e leigos e leigas, a fim de visitar o maior número de famílias. Os bispos Dom Magnus Henrique e Dom Plínio Luz, saíram em visita num mesmo grupo.

Durante a manhã, as equipes visitaram várias famílias, ouvindo seus relatos, reclamações, solicitações e anseios e vendo a situação da vida sofrida. Foi notória a boa acolhida por parte de todas famílias as quais não hesitaram em receber os visitantes no interior de suas residências. No entanto, era fácil constatar a fisionomia sofrida por causa da pobreza generalizada, conforme Relatório da Avaliação da Visita, acessível no link abaixo.

Após o farto e gostoso almoço servido num restaurante da comunidade Cara Branca, município de Ouricuri – PE, foi feita uma avaliação com os participantes da visita. Na ocasião, todos puderam falar, livremente, sobre o que viram e ouviram durante a visita. Às 15:00h, aconteceu a Celebração de encerramento presidida por Dom Magnus Henrique e concelebrada por Dom Plínio Luz e presbíteros presentes. A Missa foi transmitida, ao vivo, pela Rádio Educativa de Picos Cultura FM, a Rádio Asa Branca AM de Salgueiro – PE, o site www.culturadepicos.fm.br e o App “Cultura de Picos”.Para Dom Magnus Henrique, “o dia foi de gratidão a Deus. De gratidão por ter tido esta oportunidade de encontrar com outros irmãos que sofrem, que estão à margem da sociedade. Irmãos que o mundo esqueceu. Irmãos que o mundo, eu diria, até deixou de lado, jogou na sarjeta da vida. E nós, como cristãos, temos a missão de ir ao encontro desses irmãos. Quantas visitas em cima da Serra, nas casas. Quantos irmãos esperando uma palavra e esperando também o pão de cada dia. Então, nós, um dia de gratidão por ter tido esta oportunidade. Um dia também de alegria na comunhão com a Diocese de Picos, com Dom Plínio, com toda equipe que veio para esta visita com os padres, um dia comunhão. Fizemos um trabalho onde as fronteiras das duas Dioceses passaram a ser ponto de intercessão, ponto de comunhão”, explicou.A professora, Sandecleia Modesto de Macedo, afirmou que a Visita “despertou em nós sentimento de revolta com o poder público, pois nada tem feito pelas famílias da Serra do Inácio, fato que comprovamos, a partir da visita: que essas famílias vivem no abandono por parte das políticas sociais.

Com sentimento de compaixão, nos colocamos no lugar dessas famílias e nos compadecemos com a triste realidade de cada uma. Sentimento de esperança, esperança de um mundo melhor para essas famílias.

Saímos da Serra do Inácio cheios de expectativas e planos em formar um grupo de mobilização social para Serra do Inácio, com pessoas comprometidas e empenhadas em pensar e elaborar projetos e estratégias e encaminhamentos para os órgãos públicos”.A estudante, Maria Leidiane Damasceno, ficou convencida de que, “depois da visita de ontem, percebi o quanto ainda temos pessoas necessitadas. Não só do material, mas do espiritual. Foi um momento muito bom, pois levamos àquelas famílias a Palavra de Deus. Os mesmos estão sem nenhuma perspectiva de vida melhor. Não acreditam que um dia tudo pode melhorar.

Através dessa visita, percebemos o quanto os políticos desprezam o nosso povo. Sair de lá com uma grande vontade de fazer algo por eles e também confiante que, com a ajuda da Igreja vamos ajudá-los de alguma forma. Que isso seja só o início de uma grande caminhada e de mudanças na vida dessas pessoas.

Prefiro acreditar que coisas boas vão acontecer com aquele povo. Contamos com a ajuda de todos para mudarmos a realidade daquele povo, pois muitos deles vivem sem perspectivas e sem identidade cultural”, destacou.

Clique aqui para visualizar a avaliação da Visita

Clique aqui para visualizar todas as fotos

Veja no link, outra matéria correspondente

PASCOM Diocesana

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

Palavra do Bispo

Dom Plínio

Diocese de Picos

Calendário

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2018› » 

Facebook

Share This
Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!